Saude

Você sabe como funciona o copo menstrual?

p8_el_fruit_summer_plum_ameixa2_15701_242_427Absorvente íntimo, cobertura plástica, gel de absorção rápida e muitas novidades estão entre as opções mais conhecidas para conter o fluxo menstrual e melhorar o inconveniente que irrita muitas mulheres mensalmente. Nas prateleiras das farmácias, no entanto, esses produtos começam a ganhar uma companhia que, apesar de antiguinha, ainda causa estranhamento no Brasil. No formato de uma espécie de taça, o copo menstrual foi desenvolvido em 1930 com o objetivo de coletar, em vez de absorver, o fluxo menstrual.

Atualmente, ele está disponível nas versões reutilizável e descartável, em material bastante maleável – silicone, látex ou elastômero termoplástico são os mais comuns. A versão descartável é feita de polietileno (um tipo de borracha) e tem o formato parecido com um diafragma (dispositivo anticoncepcional). O tamanho também varia, o menor possui em torno de 4cm de diâmetro, enquanto o maior tem cerca 4,3cm de diâmetro, ambos com aproximadamente 7,2cm de altura. “A recomendação do tamanho do copo é feita por um especialista, baseada na tonicidade do assoalho pélvico da paciente no histórico de gestações e partos vaginais, a intensidade do fluxo menstrual não interfere”, afirma a ginecologista Andréa Scherer de Sá, do MDX Medical Center, no Rio de Janeiro.

A escolha tem levantado muitas dúvidas e é difícil quem aceite testar imediatamente, sem fazer nenhuma careta de estranhamento. Faça o teste e tire todas as suas dúvidas sobre o copo menstrual.

 

Minha Vida

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios