Destaques

Vistoria constata problemas em alarme de incêndio e no sistema de iluminação na Unimed

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Começou nesta segunda-feira (29) uma série de fiscalizações em hospitais particulares da capital pela Promotoria do Consumidor. O primeiro hospital vistoriado foi a Unimed. A inspeção tem por objetivo averiguar questões como controle de infecção hospitalar, a situação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e da Emergência do hospital, assim como a parte de segurança, parte física, resíduos sólidos, entre outras coisas.

De acordo com o promotor Glauberto Bezerra a inspeção não tem cunho punitivo, mas visa buscar melhorias para as unidades. “Nós temos um programa de saúde e segurança do consumidor, que é permanente. Por isso, estamos verificando vários aspectos desde o atendimento, passando por questões de segurança, resíduos, estrutura física, médica, inclusive refeitório, tanto no preparo do alimento para os pacientes como no dos funcionários”, informou.

Entre algumas irregularidades pelos órgãos fiscalizadores na parte física estão a falta de manutenção do alarme de incêndio e do sistema de iluminação de emergência. Também foi verificado que é preciso corrigir altura de extintores de incêndio. Além disso, foram encontrados extintores com ausência de sinalização e sem proteção em áreas abertas, entre outros problemas.

vistoria-constata-problemas-em-alarme-de-incendio-e-no-sistema-de-iluminacao-na-unimed.jpg.280x200_q85_crop

Na parte de atendimento, foi constatado o déficit de profissionais de enfermagem. Já na emergência foi averiguado que a identificação de pacientes é feita de forma inadequada, já que o reconhecimento é feito pelo número do box onde o paciente fica e não pelo nome. Caso o paciente se levante e outro ocupe o seu lugar, pode ocasionar em uma confusão no tratamento. Nas ambulâncias, ao invés de enfermeiros, como manda a resolução do Conselho Federal de Enfermagem 375/2011, foram encontradas técnicas de enfermagem.

As fiscalizações continuam no hospital da Unimed nesta terça-feira (30). Somente após a finalização da vistoria serão preparados os laudos técnicos da clínica por cada órgão que participou das ações.

A vistoria foi realizada em conjunto com Conselho Regional de Medicina (CRM); o Conselho Regional de Farmácia da Paraíba (CRF-PB); Conselho Regional de Enfermagem (Coren); Conselho Regional de Odontologia (CRO); Corpo de Bombeiros; Vigilância Sanitária Municipal e Estadual; OAB-PB, através da Comissão de Bioética e Direito Sanitário; Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB).

 

Assessoria

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios