Educação

Violência na Grande JP: quatro homicídios e duas tentativas são registrados em menos de 24h

Quatro homicídios e duas tentativas foram registrados entre a tarde desta sexta-feira (22) e a madrugada deste sábado (23) na região metropolitana de João Pessoa. O crime mais recente ocorreu por volta das 2h, no bairro de Mandacaru, onde um traficante de drogas foi executado com vários tiros.

115535,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

De acordo com informações da Polícia Militar, o jovem Alexandro Valdevino de Cesar, 18 anos, foi assassinado em frente a casa onde morava com uma irmã e a avó, no “Beco da cola”, no bairro de Mandacaru. Segundo a polícia, a vítima era traficante e fazia do local um ponto de venda de drogas.

Segundo a irmã, Sandrinho – como era conhecido – estava dormindo, mas por volta das 2h acordou e resolveu sair. A jovem disse que, em pouco tempo, ouviu vários disparos e percebeu alguém correndo. Com medo, ela não conseguiu abrir a porta de casa para ver o que estava acontecendo. Por volta das 5h, um vizinho bateu na porta avisando que Sandrinho estava morto na entrada do muro da casa. A pericia constatou que a vitima foi morta com cinco tiros de calibre 38, sendo dois na cabeça. Ao lado do corpo, havia uma pedra de crack.

O pai de Alexandro foi assassinado a tiros em março de 2011, após ter saído do presídio do Roger, onde cumpriu pena por tráfico,. Em outubro do mesmo ano, a mãe de Sandrinho conhecida por Marli que era usuária de drogas, sofreu um atentado onde foi atingida com seis tiros, sendo socorrida para o Hospital de Trauma.

Homem é morto 2h após deixar presídio

No bairro dos Funcionários II, na comunidade Jardim Guaíba, na Capital, o ex-presidiário Maicon Sales dos Santos, 21 anos, foi executado quando pilotava uma motocicleta. A polícia informou que quatro homens em um veículo Kadet interceptaram a moto e efetuaram vários disparos na vítima que morreu na hora. Familiares do ex-presidiário disseram que ele tinha deixado o Presídio do Roger, por volta das 13h30, onde cumpriu pena por tráfico de drogas.

Homens mortos em Santa Rita e Funcionários

Santa Rita registra dois assassinatos

Por volta das 20h desta sexta-feira (22), um jovem não identificado foi assassinado em frente da Escola Municipal Paulo Maroja. Durante a realização da pericia, foi encontrado apenas a quantia de R$ 28 no bolso da vitima. O corpo foi encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (GEMOL), no bairro do Cristo Redentor.

Homicídio em Santa Rita

Já no bairro Alto das Populares, o lavador de carros Jakson dos Santos, 18 anos, foi assassinado quando caminhava por uma rua do bairro. Testemunhas informaram que os acusados são dois homens que estavam em uma motocicleta e efetuaram os disparos. O lavador de carro morreu na hora. Levantamento da polícia aponta que o jovem era envolvido com o tráfico de drogas.

Homens mortos em Santa Rita e Funcionários

Tentativas de homicídio

Dois homens foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, no início da noite desta sexta-feira (22), após serem atingidos por disparos de arma de fogo na Região Metropolitana de João Pessoa. Em um dos casos, a vítima reagiu a um assalto.

Policiais militares informaram que na cidade de Caaporã, Aurino Alves Cabral, 59 anos, estava em via pública, transitando em uma motocicleta, quando foi surpreendido por um homem armado que o mandou parar a moto. A vítima não correspondeu ao apelo do bandido e, quando fugia da ação criminosa, foi baleada na perna. Mesmo ferido, Aurino Alves conseguiu pilotar a moto e procurou o atendimento médico na cidade. Em uma ambulância, ele foi socorrido ao Trauma e recebeu alta hospitalar nesta madrugada.

Já no bairro de Jaguaribe, na Capital, o borracheiro Marconi da Silva dos Santos, 37 anos, estava atendendo um cliente quando foi abordado por um homem. O acusado disparou duas vezes contra o borracheiro, que ficou ferido no pescoço e na perna esquerda. Marconi segue internado e seu estado de saúde inspira cuidados. A esposa da vítima informou à polícia que o marido não tem inimigos.

portal correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios