policial

Vigilante da prefeitura de Campina Grande tenta entrar em presídio com celular amarrado no braço

2Um vigilante da Prefeitura Municipal de Campina Grande foi detido em flagrante quando tentava entrar na Penitenciária Regional Padrão de Campina Grande, a Máxima, com um celular amarrado em um dos braços. O fato ocorreu na manhã deste domingo (15).

De acordo com Anselmo Vasconcellos, diretor da unidade prisional, o vigilante estava na penitenciária para visitar o filho Michel Bruno Pereira de Oliveira, que cumpre pena por roubo, quando foi pego na revista.

– A revista é muito minuciosa e quando os agentes iniciaram a inspeção encontraram de imediato um celular amarrado em um braço e no outro a bateria. Ele confessou que estava levando o equipamento para o filho dele – disse Anselmo Vasconcellos.

O homem foi levado para a delegacia, fez um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e liberado. “Nesses casos a pessoa só faz um TCO e é liberado. Mas, vamos comunicar o ato infracional dele a prefeitura de Campina Grande. Esse tipo de conduta é reprovável”, frisou o diretor da penitenciária.

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios