Destaques

Vereador acusa prefeito Kayser Rocha de abandonar população de Solânea por não promover ações contra o coronavírus

O vereador Tiago José (Cidadania), inconformado com a situação crítica que o município de Solânea vem passando por falta de medidas contra a propagação do Coronavírus, por parte da gestão municipal que já recebeu mais de R$ 230 mil reais do Governo Federal com destinação específica ao enfrentamento do Covid-19 e até o momento nada foi feito na cidade. Inclusive, o próprio parlamentar municipal já protocolou uma série de proposituras a serem apreciadas pelo plenário da Câmara Municipal, como um Projeto que cria o Conselho Temporário para acompanhamento da gestão de crise no município de Solânea, durante a pandemia.

Tiago ressalta que diante da inércia do prefeito Kayser Rocha, em não apresentar um plano estratégico para enfrentamento ao Coronavírus, se fez necessário, na condição de representante legítimo do povo, exigir transparência e efetividade na implementação desses recursos através de um Conselho Temporário, conforme apresentado pelo vereador.

“Acredito não haver qualquer tipo de objeção ao projeto, haja vista ser apenas mais um instrumento de controle social e de transparência, que servirá até mesmo de suporte à própria gestão municipal neste momento tão delicado como este”, enfatiza Tiago José.

De acordo com o vereador, o Conselho terá o papel de fiscalizar a aplicação de recursos públicos oriundos do Governo Federal e Estadual, com destinação específica ao combate do coronavírus. “Com a criação desse Conselho será possível acompanhar as medidas adotadas nessa crise, principalmente os decretos que impliquem determinações referentes ao funcionamento do comércio e serviços, assim como observar a política de atendimento aos pacientes na saúde pública de Solânea, auxiliando na busca de parcerias junto à sociedade civil”, explica.

No projeto encaminhado à Câmara Municipal, o Conselho será composto por vereadores, representantes da gestão municipal e de diversos setores da sociedade civil organizada, cujo objetivo é acompanhar todas as movimentações de recursos que estão sendo feitas no combate ao coronavírus na cidade. “Não podemos deixar as coisas inertes, como está tudo aqui em Solânea. Esses recursos que a prefeitura recebeu precisam serem usados de forma correta e o mais rápido possível. Afinal, estamos falando de vidas”, ressalta Tiago.

Ainda segundo o vereador de oposição, o projeto representa um avanço na transparência pública do município, levando-se em consideração que durante a vigência do estado de calamidade pública chancelado por decreto municipal e aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB), Solânea economizará mais de meio milhão de reais, com gastos em combustíveis, transportes escolares, merendas, festejos juninos, caminhos do frio e demais festividades. Razão pela qual se faz necessário a criação de ferramentas de controle administrativo com plena eficácia, ferramentas essas, até então desconhecidas pela gestão municipal.

http://www.portaldolitoralpb.com.br/

Artigos relacionados

2 pensamentos “Vereador acusa prefeito Kayser Rocha de abandonar população de Solânea por não promover ações contra o coronavírus”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios