Educação

Um detento morre e dois ficam feridos após tumulto no presídio do Roger

ferido

Um tumulto na Penitenciária Modelo Desembargador Flósculo Nóbrega, o presídio do Róger, deixou dois detentos feridos na noite desta segunda-feira (4), eles foram socorridos ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Um deles foi identficado como Manoel Paulino da Silva, 51 anos.

Conforme informações do Serviço Social da unidade de saúde, o detento ainda recebia atendimento médico por volta das 22h (horário local). A movimentação na penitenciária começou durante a tarde quando um outro presidiário foi encontrado morto em uma cela do presídio.

Por telefone, o Secretário da Administração Penitenciária,  Wallber Virgulino, informou  que o detento encontrado morto na cela de reconhecimento da penitenciária, tinha marcas de enforcamento na região do pescoço, ele disse ainda que não se sabe se o próprio preso se enforcou ou se foi estrangulado por um outros presos.

Segundo o secretário, os policiais utilizaram balas de borracha para que a enfermeira da unidade prisional pudesse chegar até o detento e realizar o atendimento, ele disse ainda que a enfermeira havia encontrado o preso com marcas de enforcamento.

Após a constatação da morte do preso um tumulto começou em outros pavilhões e os policiais tiveram que entrar no local e utilizar balas de borracha para conter o movimento iniciado pelos presos. Dois detentos foram atingidos por tiros de borracha e socorridos para o Trauma.

Confusões no Roger

Na noite da sexta-feira (1º), sete presos espancaram outros dois no Presídio do Roger. Segundo o gerente executivo do Sistema Penitenciário, eles foram espancados com murros, socos e pontapés. Um deles teve a orelha machucada. Ambos foram levados ao Hospital de Trauma de João Pessoa, medicados e retornaram ao presídio, de acordo com o tenente coronel.

No mesmo dia, os detentos do Presídio do Roger se rebelaram por volta das 10h. Detentos dos pavilhões 5 e 6 tentaram atear fogo em colchões do pavilhão 4. A confusão foi contida ainda pela manhã, com a entrada do Batalhão de Choque no local.

Depois do tumulto, um detento morreu quando estava internado no Hospital de Trauma. No total, 12 presos feridos foram levados para o Trauma. Pelo menos outros seis tiveram ferimentos leves e foram atendidos ainda no presídio.

Da Redação com o G1 PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios