Destaques

UFPB e UFCG lideram registros de patentes no Brasil pelo segundo ano consecutivo, diz INPI

A Paraíba voltou a liderar o ranking do registro de patentes no Brasil, pelo segundo ano consecutivo, de acordo com os dados do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) na segunda-feira (28). A primeira colocada no ranking 2019, novamente, é a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a segunda é a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).
Conforme os dados do INPI, não só as duas instituições de ensino paraibanas voltaram a liderar o ranking como, em 2019, aumentaram o número de registros de patentes entre 2018 e 2019. A UFPB registrou 100 pedidos de patentes no ano passado contra 94 em 2018. Já a UFCG fez 90 registros, contra 82 em 2018.

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) aparece entre os 50 maiores depositantes de registro de patente, na 48ª posição, com 11 registros feitos em 2019. Nenhuma universidade particular na Paraíba aparece no top 50 de registros de patentes do INPI.

UFCG ficou em segundo lugar no ranking 2019. — Foto: Marinilson Braga/UFCG/Arquivo

UFCG ficou em segundo lugar no ranking 2019. — Foto: Marinilson Braga/UFCG/Arquivo

Dos dez maiores depositantes de patentes no Brasil, em 2019, cinco foram universidades federais. Outras três foram universidades estaduais e duas empresas estão presentes na lista. As outras universidades que estão entre as 10 primeiras colocadas no ranking ficam nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Ainda conforme os dados divulgados pelo INPI, só que no ranking de registros de programas de computador, o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) está em 10º lugar, tendo apresentado 28 registros no ano passado. Neste mesmo ranking, a UFPB aparece em 39º, com 11 registros.

O IFPB ainda aparece no ranking de registro de patente de modelo de utilidade, na 17ª colocação, com cinco registros.

Por G1 PB

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios