Destaquespolicial

Turista morre em hospital da PB com suspeita de ‘gripe suína’; laudo sai em 20 dias

hospital-de-Sousa-300x225Um idoso de 61 anos morreu na manhã deste sábado (23) no Hospital Regional de Sousa (Sertão do estado, a 438 km de João Pessoa) com sintomas característicos da Influenza A, ou H1N1, doença popularmente conhecida como ‘gripe suína’. Ele estava internado na semi-UTI do hospital desde a quinta-feira (14). A informação foi confirmada ao Portal Correio por um técnico em enfermagem que trabalha na unidade e preferiu não ter o nome divulgado na reportagem.

De acordo com o profissional, o homem deveria ter sido transferido para o Hospital Universitário de João Pessoa ou de Campina Grande nessa sexta-feira (22), mas os centros de referência alegaram não ter vaga para receber o paciente.

O idoso era natural do Piauí, mas vivia a mais de 20 anos em Brasília. Ele veio à Paraíba com a esposa e estava em Pombal (a 371 km de João Pessoa) quando começou a sentir mal. Após ser medicado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Sousa.

Segundo o técnico em enfermagem, o idoso apresentava um quadro clínico delicado. “Ele tinha febre, pressão baixa, tosse e os pulmões não funcionavam de forma adequada, além de parecer estar desorientado”, contou. A partir disso, os médicos começaram a desconfiar que o paciente poderia estar com a Influenza A. Conforme garantiu o funcionário da semi-UTI, todo o setor foi isolado e nenhum paciente teve contato com o idoso.

Nessa sexta-feira (22), o idoso foi submetido a um procedimento de coleta de mucosa situada na orofaringe. O material coletado será encaminhado para um laboratório na capital paraibana e depois para Belém-PA, onde será analisado. O laudo confirmará se o idoso realmente estava com a Influeza A e deve ser divulgado em 20 dias.

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios