Destaques

Triplicação paralisada: Ministério transfere responsabilidade para Dnit

O Governo Federal não sabe quando vai ter recursos disponíveis para as obras de triplicação e construção de viadutos na BR-230 entre Cabedelo e João Pessoa. A informação foi repassada ao Portal MaisPB pelo Ministério da Infraestrutura.

A pasta informou que não tem previsão de quando vai enviar as verbas para conclusão do projeto, que segue paralisado.

“Estamos estudando alternativas para solucionar a questão”, comunicou. Anteriormente, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já havia dito ao Portal MaisPB que não tinha recursos para retomar a triplicação. Veja nota:

“O DNIT esclarece que, por meio do decreto Nº 9.428, de 28/06/18, todos os Restos a Pagar (RAP) 2016 e anos anteriores, da administração pública, foram cancelados. Assim, os valores para a obra na BR-230/PB eram em RAP 2016 e os recursos na Lei Orçamentária Anual (LOA) desse ano são insuficientes para dar continuidade aos serviços. A Autarquia estuda alternativas para solucionar o problema”.

O Portal MaisPB também procurou o Ministério da Economia, que é responsável pela administração financeira e contabilidade pública. O Ministério destacou que a pasta de Infraestrutura seria a responsável pela demanda.  “O Ministério da Economia detalha o orçamento até o nível de órgão setorial, que, por sua vez, distribuem/priorizam entre suas ações e unidades orçamentárias“, replicou.

Paralisação de obras na BR-230 traz riscos

Motoristas e passageiros que trafegam na BR-230, na Região Metropolitana de João Pessoa, não conseguem mais fugir de engarrafamentos no sentido Cabedelo. Ao Portal MaisPB, a Polícia Rodoviária Federal admitiu que há um aumento significativo de congestionamento ocasionado pelas obras da triplicação na rodovia.  “É um trânsito que tem ficado mais complexo, temos trechos com sinalização precárias, que geram e causam acidentes”, disse a inspetora da PRF, Keylla Melo.

População e turistas insatisfeitos

Severino Laurindo é chaveiro e trabalha há muitos anos às margens da BR-230. Com o anúncio da intervenção, acreditou que haveria uma melhora para a população e também para seu pequeno comércio. Quase três anos depois do começo da obra, ele lamenta a falta de conclusão. “Não melhorou em nada para mim, piorou o movimento, está indo de mal a pior e estou aguentando porque eu preciso, sou pai de família”, desabafou, em contato com o Portal MaisPB.

Ana Cristina mora em Manaus e está em Cabedelo mais uma vez. Ano passado ela também visitou o estado e notou as obras, mas agora, o sentimento é de frustração. “Vi a obra, fiquei feliz, imaginei que fosse evoluir, mas um ano depois está a mesma coisa. Infelizmente, vamos continuar com o trânsito ruim”, pontuou.

Bancada paraibana se articula para tratar de paralisação

Após reportagem do Portal MaisPB mostrar a paralisação das obras para triplicação da BR-230 por falta de recursos, a bancada federal garantiu cobrar ao Governo Federal os repasses para garantir a continuidade dos serviços. O coordenador da bancada, deputado federal Efraim Filho (DEM), afirmou em contato com o Portal MaisPB que a decisão de suspender o repasse de verba foi equivocada e compromete a imagem do Governo.

Já o senador Veneziano Vital (PSB) vai antecipar seu retorno a Brasília para discutir sobre a triplicação da BR-230 com os órgãos responsáveis. “Vamos reunir a nossa bancada federal para, junto ao governo, ao Dnit e ao Ministério dos Transportes, e exigir, que estes recursos sejam providenciados, para que nós tenhamos a conclusão dessa iniciativa”, pontuou.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios