policial

Traficantes foragidos da Paraíba são presos durante operação no Rio Grande Norte

2Uma operação conjunta entre as policias militares da Paraíba e do Rio Grande do Norte e a Secretaria de Administração Penitenciária do estado intitulada ‘Divisa Segura’ resultou na prisão de seis pessoas envolvidas no tráfico de drogas nos dois estados. O grupo foi preso no final da tarde desta segunda-feira (31), nas cidades de São José de Mipibu e Nícias Florestas, situadas no Rio Grande do Norte.

Os policiais conseguiram chegar até o bando após trocas de informações do serviço de Inteligência das policias dos dois estados pelo WhatsApp, segundo o capitão Alberto Andrade, comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar.

134008,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

Montamos um grupo do WhatsApp e começamos a trocar informações e compartilhar fotos dos foragidos da cadeia pública de Mamanguape, que estariam traficando entre a Paraíba e RN. Durante o repasse de dados, fotos de investigados por tráfico no Rio Grande do Norte bateram com dois foragidos da Paraíba, sendo um deles acusado de estupro, homicídio e ocultação de cadáver, além de tráfico de drogas”.

Foi montada uma operação conjunta e os policiais conseguiram prender em uma casa um foragido da Paraíba com uma mulher. Ao revistar o imóvel, foram apreendidas 200 pedras de crack pronta pra venda e uma pedra bruta de 40 gramas. Em outra casa, foram presas mais quatro pessoas com papelotes de maconha e um revólver.

Os presos foram levados para a Delegacia Distrital de Natal. Dois homens e duas mulheres foram autuados por tráfico de drogas. Os dois foragidos da Paraíba, que estavam fora da Cadeia Pública de Mamanguape desde a fuga de setembro de 2013, foram trazidos para o estado de origem e estão recolhidos na cadeia de onde fugiram.

Foragidos da Paraíba Foto: Foragidos da Paraíba
Créditos: Divulgação/ Polícia Militar

com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios