DestaquesParaíba

Tião Lucena confirma saída da Secom um dia após anúncio de Luís Torres e deve retornar para Procuradoria do Estado

Após o secretário de Comunicação do Governo do Estado, Luís Tôrres, anunciar que vai deixar a Pasta até o fim de agosto, foi a vez do secretário adjunto, o jornalista Tião Lucena, também comunicar a saída do governo de João Azevedo (PSB). A saída foi definida durante reunião dele com o governador João Azevêdo (PSL) nesta quinta-feira (01) e confirmada um dia depois de o titular da pasta, Luís Tôrres.

Lucena estava no governo desde abril de 2017, nomeado, na época, pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). Ele foi mantido no cargo por João na montagem do novo governo.

Tião é procurador de carreira da Procuradoria-Geral do Estado e deve retornar à função original.

O governador ainda não anunciou substitutos para os cargos de secretário e adjunto. Luís Tôrres anunciou a saída alegando a necessidade de buscar novos ares. Ele estava na função desde 2013. Assumiu o posto no momento em que o ex-governador Ricardo Coutinho enfrentava o pior momento do governo. Ele foi reeleito no ano seguinte e foi mantido no cargo no segundo mandato e também por João.

Tôrres estava na Comunicação nas duas gestões de Ricardo Coutinho (PSB), e continuou na secretaria nos primeiros meses de mandato do sucessor socialista João Azevêdo.

A saída de Luís Tôrres e Tião Lucena ainda precisa ser publicada no Diário Oficial do Estado para ser oficializada.

PB Agora

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios