Destaques

Supermercados negam racionamento de alimentos, mas preveem escassez

A Associação de Supermercados da Paraíba prevê uma possível escassez de alimentos nas prateleiras em até oito dias, caso as manifestações de caminhoneiros continuem nas estradas que cortam o estado.

Ao Portal MaisPB, o superintendente do Associação, Damião Evangelista, informou que hoje é registrada a falta de produtos pertencentes ao hortifrútis, por dificuldades na distribuição na Ceasa.

“A gente está trabalhando com o que está no estoque. Em quatro dias pode-se faltar carne e os demais alimentos em até oito dias”, disse.

Mesmo com baixo estoque, o superintendente informou que em nenhum supermercado há a recomendação para limite na venda de produtos. “Houve uma publicação que foi compartilhada, mas era do Carrefour de Brasília. Entrei em contato com o pessoal daqui e está tudo normalizado”, disse.

Para evitar que o colapso, as associações de todos os estados estão em contato com o Governo Federal para buscar uma solução na tentativa de evitar maiores problemas para população.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios