policial

Sucateiro é covardemente assassinado na Baía da Traição; polícia militar prende suspeito

Vítima: Antônio Carlos de Araújo (Foto: Jaceline Marques/Portalmidia)
Vítima: Antônio Carlos de Araújo (Foto: Jaceline Marques/Portalmidia)

Um homem foi covardemente assassinado a golpes de faca no município da Baía da Traição, cidade turística. De acordo com a polícia militar, o crime aconteceu por volta das 05h30 desta quarta-feira (02).

O capitão da 2ª Companhia de Polícia Militar de Mamanguape, Alberto Filho, revelou que Antônio Carlos de Araújo, 33 anos estava morando há poucos dias na cidade e levava a vida como sucateiro. Antônio Carlos de Araújo 33 anos, provavelmente foi morto pela madrugada com requintes de crueldades, com facadas e pauladas”, afirmou a polícia militar.

O sucateiro foi encontrado em cima de um colchão, nas margens do rio ‘Areado’, com hematomas pelo corpo e a faca usada no crime, cravada no pescoço. Informações repassadas a Polícia Militar, levou a localização de um suspeito de possível participação no homicídio.

Ednaldo Cândido Lins, 50 anos foi detido pela polícia militar, como sendo o principal acusado pelo homicídio. Segundo testemunhas, os objetos; faca e ‘porrete’ utilizados, seriam dele, sendo visto de posse, por populares no dia anterior ao ocorrido.

Ednaldo Cândido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil
Ednaldo Cândido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil (Foto: Adalberto Andrade)

A polícia acredita que existe outro suspeito.  “Esse segundo acusado, teria tido uma discussão com a vítima numa festa na semana passada, na Aldeia São Miguel, e esse pode ser o motivo da morte”, revelou Alberto Filho.

Ednaldo Cândido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para ser interrogado. O Instituto de Polícia Científica compareceu ao local do sinistro para os procedimentos de praxe. A Polícia segue com as investigações para a elucidação do caso.

Portal Mídia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios