Principal

STF autoriza abertura de novo inquérito para investigar Eduardo Cunha

155001,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato na Corte, autorizou, nesta quinta-feira (15), a abertura de novo inquérito contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a mulher dele, Cláudia Cordeiro Cruz, e a filha Danielle Dytz Cunha Doctorovich. O motivo é a descoberta de quatro contas na Suíça ligadas ao casal e a um cartão de crédito da mãe em conjunto com a filha.

O pedido de abertura de inquérito é baseado nos documentos enviados pela Suíça que comprovam que Cunha possui contas naquele país. Documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao Brasil comprovam que um negócio da Petrobras em Benin, na África, irrigou as contas na Suíça que tinham Cunha e a esposa como beneficiários finais. As autoridades do país europeu bloquearam em abril um valor que, em reais e no câmbio atual, chega a R$ 9 638 milhões.

Segundo os documentos suíços, a conta aberta na Suíça em nome de Cláudia foi usada para pagar despesas pessoais da família do parlamentar. A movimentação dela serviu para pagar faturas de cartão de crédito, academia de tênis na Flórida e cursos na Espanha e no Reino Unido.

Os documentos suíços apontam que a conta aberta na Suíça em nome de Cláudia foi usada para pagar despesas pessoais da família do parlamentar. A movimentação dela serviu para pagar faturas de cartão de crédito, academia de tênis na Flórida e cursos na Espanha e no Reino Unido.

R7

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios