Educação

Solanense que degolou a ex em ponto de ônibus é preso em MT tentando fugir em caminhão

O suspeito de degolar  a ex-namorada  em um ponto de ônibus em Cuiabá,Antonio Pereira Santos com vulgo bicudo  foi preso na tarde desta terça-feira (2). A vítima, uma atendente de telemarketing, de 41 anos, foi atingida por três golpes de faca, sendo que um dos golpes perfurou o pescoço dela. O crime aconteceu na manhã do último sábado (30).

Screenshot_2

De acordo com o sargento Gerozino Rodrigues de Lima, vinculado ao 24º Batalhão da Polícia Militar da capital, o suspeito foi localizado por meio de uma denúncia anônima encaminhada à polícia. Ele foi preso no pátio de um posto de combustíveis localizado às margens da BR-364, no Distrito Industrial.

O sargento informou ao G1 que, no momento da prisão, o suspeito planejava fugir em direção a São Paulo. “Ele estava trabalhando no local como carregador de mudanças. Quando a gente chegou para prendê-lo, ele disse que estava fugindo em um desses caminhões carregados de mudança para São Paulo”, afirmou o sargento.

O suspeito não resistiu à prisão e confessou ao sargento que matou a ex-namorada. “Ele agiu tranquilamente e disse que teria matado a vítima no último sábado”, confirmou o militar. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde será ouvido.

AMEAÇAS

No dia do crime, segundo a polícia, a vítima recebeu 52 ligações feitas pelo ex-namorado. Um dos telefonemas foi atendido por uma amiga da atendente, que disse ter escutado a voz do suspeito em tom ameaçador. “Ele estava furioso e me pediu para avisar a ela que ele a mataria”, afirmou a testemunha.

Conforme o delegado Walfrido Franklin do Nascimento, da DHPP, o suspeito foi procurado no dia do crime, porém, não foi localizado na quitinete onde ele morava. No local, a polícia encontrou apenas a porta aberta com os objetos pessoais dele. O suspeito não possuía nenhum antecedente criminal. Também não foi encontrado nenhuma queixa criminal da vítima contra o suspeito. Eles ficaram juntos por quase três meses.

O suspeito é da Paraíba e veio a Cuiabá para trabalhar em uma obra da copa. A empresa que o contratou alugou uma quitinete, a mesma em que a vítima residia com a tia. Após um rápido relacionamento, os dois se separaram e, desde então, ele passou a perseguir a ex-namorada, que tentava reatar um antigo relacionamento.

Fonte: G1MT

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios