Paraíba

Sindicância apura se haverá punição para aluno suspeito de espionar colegas nuas na UFPB

150756,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Uma sindicância foi aberta para apurar as denúncias de que um estudante da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em Areia, a 130 km de João Pessoa, estaria espionando alunas do campus enquanto elas tomavam banho ou trocavam de roupa. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (4) pela direção do campus.


De acordo com o diretor da UFPB em Areia, professor Djail Santos, o estudante não chegou a ser detido. No dia da confusão, ele foi apenas retirado da instituição e escoltado para casa, conforme procedimentos padrões estabelecidos pela universidade.

O professor esclareceu que não pode dizer se o jovem denunciado será punido porque essa situação depende do que vai ser investigado pela comissão permanente de sindicância, que deve ouvir todos os envolvidos. “Ainda não há um prazo para que isso seja concluído, mas esperamos que a situação seja totalmente esclarecida o mais rápido possível”, disse Djail Santos.

O professor pediu calma aos pais que têm alunos na instituição e também aos estudantes porque, segundo ele, há segurança no campus e todas as medidas necessárias para que as denúncias sejam esclarecidas já estão sendo tomadas.

O caso

Um estudante da UFPB em Areia foi denunciado por alunas do campus porque estaria espionando as jovens enquanto elas trocavam de roupas ou tomavam banho. O caso repercutiu nas redes sociais.

 

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios