Destaques

Serraria-PB: direção do hospital dá sua versão e afirma que médico agrediu enfermeira

A direção do hospital Estadual de Serraria manteve contato com a equipe do FN, após matéria publicada informando que o diretor havia agredido médico de 70 anos verbalmente. Segundo o próprio diretor, há algum tempo o médico vem lhe causando vários problemas no hospital e só vinha mantendo o mesmo por conta de sua especialidade e a necessidade da unidade hospitalar.

 A direção alega que o médico agrediu uma enfermeira. Assim como o médico Dr. Humberto havia registrado um boletim de ocorrência, a enfermeira vítima da agressão do médico e o diretor do hospital também procuraram a delegacia para registrar denúncia contra o médico. Segundo o boletim, a enfermeira, grávida de 7 meses, recebeu um áudio de uma paciente relatando que Dr. Humberto se negou a atendê-la alegando que o hospital estaria interditado. Ao repassar esse áudio ao diretor do hospital Antônio Eduardo, o mesmo foi esclarecer as informações com o médico, que após sair, Dr. Humberto voltou a se dirigir a enfermeira a agredindo verbalmente e chegou e empurrá-la. O fato gerou nova confusão à noite após o diretor do hospital retornar a unidade de saúde para tomar satisfação com o médico plantonista.
  O diretor afirmou que apenas uma ala do hospital está interditada e que o médico abandonou seu plantão após o ocorrido, sendo obrigado a entrar em contato com outro profissional para assumir o posto de Dr. Humberto.

Após todo o ocorrido várias mensagens foram postadas em grupos de whatsapp celebrando a saída do médico do hospital.

A direção da unidade afirmou ainda que vai tomar as devidas providências para que o mesmo não volte a trabalhar na unidade.

Redação FN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios