policial

Senhora de 55 anos morre depois de ser estuprada e sofrer infarto no Agreste

Caiçara
Caiçara

Uma senhora de 55 anos morreu na noite de domingo (1º), três dias depois de ter sido estuprada na cidade de Caiçara, a 140 km de João Pessoa, no Agreste da Paraíba. Segundo a polícia, o apontado como responsável de cometer o crime é Rildo Maximino dos Santos, de 24 anos, que está foragido.

Na última sexta-feira (30), ele teria aproveitado o momento em que a vítima estava só em casa e a levou até um açude, onde ela teria sido violentada. Após o crime, ele voltou e a deixou em casa novamente.

O filho da senhora chegou à residência e a encontrou chorando, sem entender os motivos. Depois de uma conversa, ela acabou revelando o que teria acontecido. O rapaz, que não teve a identificação divulgada, teria ido atrás de Rildo, tentando matá-lo atropelado com uma moto e com golpes de faca. Apesar disso, o suspeito de cometer o estupro fugiu.

Depois do tumulto, ela sofreu um infarto e foi socorrida para um hospital da Capital. Depois do atendimento, ela teve alta médica, mas voltou a passar mal no domingo (1º). O Samu ainda prestou atendimento de emergência, mas ela não resistiu e faleceu.

A polícia ainda procura Rildo Maximino dos Santos.

 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios