Municípios

Sem proposta para acordo, servidores públicos municipais de Mari/PB entram em greve por tempo indeterminado

Os servidores públicos municipais de Mari, em assembléia no início da noite desta segunda-feira (04) confirmaram o início da greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (05).

mari

A direção do SINDISMAR tentou negociar até a última hora com a Prefeitura no sentido de que a mesma apresentasse uma proposta negociável para quitar o pagamento de dezembro dos servidores, o que não aconteceu.

Pela proposta da Prefeitura, 50% do salário de dezembro seria pago no mês de março e os outros 50% em fevereiro de 2014, o que não foi aceito pelos servidores. “Quando a prefeitura propôs pagar 50% em março e 50% em janeiro do ano que vem a categoria não aceitou, imagina em fevereiro. Estão querendo brincar com a gente”, afirmou o presidente do SINDISMAR.

Segundo informou desde a assembléia no dia 27, a Prefeitura deve entrar na justiça para pedir a ilegalidade da greve.

Informações passadas pelo SINDISMAR são de que nesta terça-feira (05) uma comissão de greve vai visitar todos os estabelecimentos públicos no sentido de averiguar o percentual de funcionários que aderiram a greve, já que nos dois dias de paralisação realizada na semana passada a adesão foi de 100%.  “Os que não aderirem a greve terão os nomes divulgados para mostrar quem são os traidores da categoria”, afirmou Fernando Viana, Presidente do SINDISMAR.

Da Redação 
Do Expresso PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios