Paraíba

Sem dinheiro, UFPB paralisa obras e destina recursos só para projetos acadêmicos

Margareth-Diniz-800x450-300x168Buscando adequação orçamentária para enfrentar o corte de verbas pelo Ministério da Educação (MEC) em 2015, a reitora da Universidade Federal da Paraíba, Margareth Diniz, decidiu suspender alguns investimentos que seriam realizados em obras na instituição. A prioridade, neste momento, é a manutenção das atividades acadêmicas.

Foram contemplados, pela relevância, o Programa de Extensão (Proext) e o Programa de Apoio à Pós-graduação (Proap), impactados pelos cortes governamentais de 50% de capital na área da Extensão e de 75% no custeio da Pós-graduação.

Assim, para garantir a execução das ações desenvolvidas pelo Proext, estão sendo destinados pela gestão central da UFPB, recursos no valor de 1 milhão de reais. Já para custear a pós-graduação, a Reitoria está disponibilizando 900 mil reais de recursos que anteriormente estavam planejados para execução de obras.

Assessoria

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios