Brasil

Retorno do atendimento presencial nas agências do INSS é adiado

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)voltam ao atendimento presencial em 3 de agosto. Todos os serviços deverão ser previamente agendados.

O atendimento exclusivo por meio de canais remotos fica prorrogado até o dia 31 de julho e continuará sendo realizado mesmo após a reabertura das agências.

Em um primeiro momento, o tempo de funcionamento das agências será parcial, com seis horas contínuas, e o atendimento será exclusivo aos segurados e beneficiários com prévio agendamento pelos canais remotos (Meu INSS e Central 135). Também serão retomados os serviços que não possam ser realizados por meio dos canais de atendimento remotos como, por exemplo, realização de perícias médicas, avaliação social e reabilitação profissional.

A reabertura gradual e segura irá considerar as especificidades de cada uma das 1.525 Agências da Previdência Social no País. Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva.

O INSS suspendeu o atendimento presencial no final de março como medida de enfrentamento da epidemia do coronavírus, e já havia antecipado que esse prazo poderia ser prorrogado.

Logo no início da pandemia da covid-19, o INSS suspendeu o atendimento presencial nas agências para evitar risco de contágio pela doença. Idosos são um grupo vulnerável ao novo coronavírus.

O órgão também interrompeu por 120 dias (recentemente prorrogados por mais 60 dias) a exigência da prova de vida, exigência anual para que os beneficiários continuem recebendo aposentadorias e pensões normalmente.

pbagora

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios