DestaquesParaíba

Reitor da UEPB diz que só Ricardo pode dar reajuste a servidores grevistas

129675,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0O reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, disse ao Portal Correio nessa sexta-feira (13) que somente o governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), poderá conceder reajuste salarial aos servidores da instituição que deflagraram greve nessa quinta-feira (12).

Rangel explicou que ele é impedido, primeiro, por conta de um acórdão do Tribunal de Contas do Estado de 2013. O documento diz que reajustes aos servidores da instituição teriam que ser concedidos com autorização legislativa.

Rangel explicou ainda que outro impedimento diz respeito ao veto divulgado pelo Diário Oficial do Estado, em julho de 2014, em que o ato governamental vetou o aumento que seria destinado aos servidores daquela instituição e que foi aprovado através de projeto pela Assembleia Legislativa.

“O governador diz claramente quais são os direitos que a Universidade tem, e os limites de direito, e diz que é uma competência exclusiva do governador conceder reajuste. O que posso fazer e já estou fazendo é tentar mediar uma negociação, ou seja, criar condições para que se discuta o problema”, enfatizou.

Rangel disse ainda que já solicitou audiência com Ricardo Coutinho antes mesmo da categoria decidir pela greve. O comunicado sobre a paralisação foi entregue na reitoria na tarde dessa sexta-feira (13), conforme o reitor.

Os servidores da UEPB estão pedindo um reajuste de 8%, além de melhorias estruturais para os campi da UEPB. A decisão sobre a greve aconteceu na tarde dessa quinta-feira (12) durante assembleia realizada em Campina Grande.

 

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios