Paraíba

Reforma do Hotel Globo custará R$ 770 mil e vai receber câmeras de segurança

reforma-do-hotel-globo-custara-r-770-mil-e-vai-receber-cameras-de-seguranca.JPG.280x200_q85_cropUm dos equipamentos turísticos mais importantes de João Pessoa está sendo revitalizado desde o início desta semana. Trata-se do Hotel Globo, cuja obra está orçada em R$ 770 mil e está inserida no Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas do Governo Federal (PAC II). Segundo o prefeito Luciano Cartaxo, o projeto contempla a recuperação e a preservação do ambiente, que passará a contar com esquema de segurança especial depois de concluído.

Luciano adiantou que a Prefeitura da Capital vai equipar pontos estratégicos do Hotel Globo, e de outras áreas do Centro Histórico, com câmeras e além de contar com o apoio da Guarda Municipal para garantir que o espaço não seja depredado por vândalos, que fazem parte de num grande projeto da administração municipal, que tem o objetivo de dar vida a região e transformá-la em um polo econômico.

“Essa obra faz parte da estratégia de pensar os 430 anos de João Pessoa e está inserido na revitalização da Lagoa, da Praça João Pessoa, na Praça da Pedra, da Praça da Independência e da Casa da Pólvora também”, afirmou Cartaxo, adiantando que, no próximo mês, terá início também o processo de revitalização dos casarões que serão ocupados com moradia. De acordo com o prefeito de João Pessoa, o processo de habitação deve ajudar a impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da área.

Para Luciano Cartaxo, o trabalho de revitalização do Hotel Globo além de ressaltar o valor histórico do prédio, preserva a história da cidade de João Pessoa – que é a terceira capital mais antiga do país, ao mesmo tempo em que representa um olhar para o futuro, a partir da valorização do Turismo, pois reincorpora o Centro Histórico à vida sócio-econômica, artística e cultural.

O projeto, fruto da parceria entre a Secretaria de Planejamento (Seplan) e a Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa (Copac), foi aprovado pelos Institutos do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Estadual (Iphaep).

 

Com Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios