Destaques

Real se sente usado, e Barcelona já dá como certo acordo com Neymar

O Barcelona já comemora e dá como certa a contratação de Neymar. Apesar de o brasileiro ainda não ter anunciado oficialmente qual será seu futuro clube a partir do meio desta temporada, o clube catalão não se vê sem o craque. Ao mesmo tempo, representantes do Real Madrid na negociação passaram a impressão de que foram usados pelo estafe do jogador para obter valores maiores no contrato com o Barça e também já admitiram ter perdido o disputa pelo brasileiro com o rival.

neymar-tenta-dominar-a-bola-durante-o-treinamento-do-santos-no-ct-rei-pele-jogador-usou-uma-mini-camera-presa-a-orelha-1369503092026_615x300

Segundo apurou o UOL Esporte, Neymar recebeu do Barcelona uma proposta salarial de 7 milhões de euros por ano, sendo que a do Real Madrid foi superior em 4 milhões (total de 11 milhões de euros anuais). No entanto, os envolvidos na negociação pelo Real acreditam que a proposta maior fez com que o pai do atacante, Neymar da Silva Santos, a utilizasse em busca de elevar a oferta do Barça do início de semana de 5 milhões de euros para a atual.

O representante do Barcelona, Raul Sanllehí, enviado ao Brasil para concretizar a transação, não vê nenhuma chance de o brasileiro escolher o arquirrival Real Madrid. Ele deixou a reunião de sexta-feira já cravando a vitória.

Segundo o agente da equipe catalã, pesou na decisão do brasileiro o sonho que já perdura há alguns anos de querer jogar no time catalão. O anúncio oficial pode ser feito ainda neste sábado. O empresário do atleta, Wagner Ribeiro, afirmou no Twitter que a “fumaça branca” está próxima, em referência ao ritual que acontece após a escolha dos papas no Vaticano.

Neymar e seu estafe, os dirigentes de Santos e os representantes de Barcelona e Real Madrid ficaram reunidos por aproximadamente nove horas na sexta-feira, na Vila Belmiro. Ninguém anunciou seu futuro.

A única certeza é de que o atleta não ficará no Brasil e defenderá a partir de julho um dos dois principais clubes espanhóis.

A dúvida perdurou na cabeça de Neymar da Silva Santos, pai do craque santista. O representante do jogador ficou na dúvida se optaria por luvas milionárias oferecidas pelo Barcelona, de 40 milhões de euros (cerca de R$ 105 milhões), ou pelo salário mais vantajoso proposto pelo Real Madrid ao jogador, de 11 milhões de euros por temporada (aproximadamente R$ 29 milhões).

Caso aceite mesmo a proposta do Barcelona, Neymar pai deve abrir mão de mais da metade do montante oferecido. Isso porque o valor integral só seria entregue caso o jogador cumprisse o contrato com o Santos até julho de 2014. Porém, o clube catalão decidiu utilizar grande parte do dinheiro para pagar a cúpula santista e adiantar a chegada do atleta para o segundo semestre deste ano.

O acerto de luvas entre Barça e Neymar, intitulado pelo Santos como “acordo de cavalheiros”, sempre foi o principal entrave para a negociação e, inclusive, motivo de muitas discussões entre o Comitê Gestor e o pai do jogador durante as recentes reuniões para tratar da venda de Neymar.

O Santos sempre batalhou para convencer Neymar pai a abrir mão de parte dos 40 milhões de euros para definir a venda do atacante ao Barcelona. Publicamente, o “acordo de cavalheiros”, segundo a diretoria santista, não envolve dinheiro, é apenas uma prioridade do clube catalão para contratar o atacante.

Os números dos merengues, aliás, são maiores também nos valores que serão pagos ao Santos e investidores: 35 milhões de euros, contra 28 milhões de euros do Barça.

No Brasil, Neymar recebe cerca de R$ 3 milhões entre salários pagos pelo Santos e patrocinadores (são 10, ao todo, de acordo com o site oficial do jogador).

Do Globoesporte.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios