Educação

Quem portar faca pode pagar multa de R$ 24 mil

Rio-de-Janeiro-310x245A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou por unanimidade a proibição do porte de armas brancas, como facas e punhais, em todo o Estado. Os 64 parlamentares da Casa votaram a favor do projeto de lei de autoria do deputado Geraldo Pudim (PR). O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, tem 15 dias para sanção.

Quem for flagrado portando um desses objetos poderá receber multa, que varia de 20 a 200 UFERJs (R$ 2.400 a R$ 24 mil). O valor aplicado ficará a critério da autoridade policial.

O texto aprovado faz a distinção entre porte de armas brancas e o transporte de facas, além de excluir da infração profissionais que trabalham com facas.

A aprovação da proposta, que chegou a ser discutida em plenário no dia 2 deste mês, quando recebeu sete emendas e saiu de pauta, acontece após uma onda de crimes com uso de facas na capital fluminense. Em 19 de maio, o médico Jaime Gold foi esfaqueado enquanto pedalava na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio. O ciclista não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo Pudim, a Alerj não está criando um novo tipo de crime, o que seria competência da Câmara Federal.

— O que queremos é criar uma medida preventiva, que vai dar à polícia um instrumento para ajudar a coibir esse tipo de violência.

R7

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios