Destaques

PSDB pede à PF acesso a inquérito do boato sobre o Bolsa Família; Tucanos também pediram que PGR investigue caso

20130601155815_03O PSDB protocolou nesta sexta-feira (31) um ofício na Polícia Federal para que o partido tenha acesso ao inquérito que apura a origem do boatos sobre a extinção do Bolsa Família. O partido quer que as legendas de oposição acompanhem as investigações e saibam se são ou não investigadas no caso.

No final de semana dos dias 18 e 19 de maio, rumores sobre a suspensão de pagamentos do Bolsa Família e também sobre um inexistente bônus pelo Dia das Mães levaram milhares de beneficiários a procurar no final de semana lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal, o que gerou filas e tumultos em pontos de saque em 12 estados. Desde então a PF investiga a origem dos rumores.

Após boato, Caixa totaliza R$ 152 mi em 900 mil saques do Bolsa Família

Logo depois que houve o tumulto nas agências, a Caixa informou que havia disponibilizado, excepcionalmente naquele fim de semana, saques do benefíco fora do cronograma de pagamentos. O banco queria evitar que os beneficiários que chegassem para sacar o Bolsa-Família não conseguissem retirar o dinheiro e o rumor sobre a extinção do programa aumentasse.

Uma semana após os boatos, a Caixa admitiu que tinha permitido saques fora do cronograma também nos dias que antecederam a ida em massa de beneficiários às agências. Mas o banco descartou que esse fato tenha ligação com boatos do fim do Bolsa Família.

Nesta sexta o PSDB também protocolou na Procuradoria-Geral da República uma repersentação para que o órgão investigue se houve eventuais irregularidades e prática de improbidade administrativa nos fatos ocorridos nos últimos 15 dias relacionados ao pagamento do Bolsa Família.

G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios