Paraíba

Promotor Marinho Mendes explica por que é contra a redução da maioridade penal

imagesConfira texto publicado pelo promotor de justiça: 

PORQUÊ SOU CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

1. Se reduzida para 16 ou 14 anos como querem alguns, com essa idade o adolescente pode:

– DIRIGIR;

– BEBER;

– CASAR;

– PRATICAR TODOS OS ATOS DA VIDA CIVIL

2. Um País que não dar nada, não pode cobrar, primeiro vamos dar os meios e depois cobrar;

3. quando os filhos da classe média e da alta começar a freqüentar o CEA e CEJ, esse discurso muda;

4. Tenho um amigo que pensava assim, é um classe média para alta e teve um filho engolido pelo tráfico e já chegou a participar de um homicídio, de forma que o discurso dele mudou;

5. Como a desgraça não bateu na porta de nenhum que defende a redução é muito bom pregar isto;

6. Muitos até ignoram e desconhecem as comunidades que mais produzem adolescentes em conflito com a Lei, será que vocês conhecem: “O RABO DA BESTA”, “CANGOTE DO URUBU”, “BOCA DO S”, “BOLA NA REDE”, “RUA DA LAMA”, “PORTO DE JOÃO TOTA”, “IRAQUE”, “MALVINAS”, “RABO DA LACRAIA”  e outras, você já foi lá? Você fez o que por eles? Você sabe que lá o estado oficial não existe?;

7. Então é fácil encarcerar essa população, afinal eles são cancros que precisamos curar, lixo que necessita esconder, sujeira que polui nossas cidades; cenas que incomoda nossos preconceitos disfarçados e escondidos;

8. Mas você sabe que eles são os descendentes de escravos, os exilados dos grotões, os expulsos dos canaviais pelas usinas, você sabe que a dívida deste Brasil com eles é inavaliável, se não sabe, é porque mascararam tua educação;

9. Sou contra porque Promotor de Justiça deve ser lutador incansável pelo resgate dessas populações excluídas, mutiladas, marginalizadas pelo poder econômico e político que oprime e a eles nada concede. Promotor de Justiça é para tirar das cozinhas todos os seres humanos e dizer, que se o projeto de Deus é que todos nós sejamos iguais, então, como Promotor de Justiça, vou seguir a Constituição do meu País e as Leis de Deus.

10. Mas é mais fácil mandá-los para os catres, só assim não seremos cobrados pelas nossas omissões, pela criminosa omissão de recebermos mais de R$ 20.000,00 de salário numa terra miserável e ainda querermos prender adolescentes, recém saídos da infância, cuja abundância que conheceram foi a pobreza extrema, a falta de tudo;

11. Você que é a favor da redução da maioridade, acha que tá fazendo o suficiente para dar retorno ao seu salário de R$ 20.000,00

12. eu estive lá, eu nasci na favela, numa caixa de chão batido, sem banheiro, sem privada, sem nada. Sem dinheiro para comprar um pão, para comprar um quilo de carne e sei, que quando a polícia chega lá é para mandar os moradores colocar as mãos nas paredes e por isto Senhor Valério Bronzeado, sou contra sua idéia de redução.

 

 

Marinho Mendes para o Focando a Notícia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios