Paraíba

Procon aponta variação de até 162% no preço do peixe em João Pessoa

Uma pesquisa do Procon de João Pessoa, realizada esta semana, constatou  que o preço do pescado na capital tem uma variação que chega a 162,50% . O levantamento foi realizado em 18 estabelecimentos comercias, entre supermercados e mercados de peixe. O resultado da pesquisa foi divulgado pelo Procon nesta sexta-feira (1º).

peixe

Segundo o Procon, a maior variação constatada foi no preço do peixe xaréu com cabeça e a menor foi no filé de sardinha, de  apenas 1,6%. De acordo com a coordenadora-executiva do Procon,  Nadja Palitot, o órgão realizará outras pesquisas até a Semana Santa para que a população possa acompanhar a evolução nos preços do pescado.

A pesquisa aponta que entre os filés de peixe a maior variação foi encontrada no merluza, que pose ser encontrado entre R$ 8 e R$ 14,99. Neste item, foram pesquisados os preços também da pescada branca, pescada amarela, cioba, corvina, sardinha, garopa, salmão, tilápia e linguado.

Em relação ao peixe com cabeça, a maior variação foi do xaréu e a menor variação do corvina, com 10,12%. Neste item foram pesquisados os seguintes peixes: pescada branca, pescada amarela, cavala, cioba, xaréu, anchova, dourado, guarajuba, agulha preta, agulha branca, cavalinha, agulhão, arabaiana, serra, albacora, corvina, atum, atum pequeno (bonito), sardinha, garopa, tainha, guaiuba, pargo, tilápia, salmão, pescada e robalo.
Três tipos de camarão com casca de viveiro foram pesquisados, e a maior variação, de 62,23%, foi encontrada no camarão pequeno. No camarão descascado de viveiro a maior variação, de 78,57% foi encontrada no médio. A maior variação no camarão com casca do mar foi de 79,56%, também no camarão médio. No camarão descascado do mar, a maior variação foi de 77,78%, do camarão médio.

A pesquisa foi realizada nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro. O objetivo é monitorar o preço dos produtos para ajudar o consumidor na hora de comprar o pescado para a Semana Santa. O resultado completo pode ser conferido no site do Procon de João Pessoa.

G1 PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios