Destaques

Preso servidor suspeito de estuprar duas sobrinhas

Um funcionário público foi preso nessa terça-feira (16), em Bayeux, suspeito de estuprar duas sobrinhas e tentar abusar sexualmente da própria filha. Os abusos teriam começado há oito anos.

De acordo com informações da delegada Maria da Conceição, as investigações começaram após a denúncia do Conselho Tutelar neste mês de abril. O caso de estupro mais recente foi o da sobrinha da esposa de Severino Gomes de Oliveira, que tem 7 anos e foi abusada pela segunda vez na última quinta-feira, 11 de abril.

Ao Portal MaisPB, a delegada explicou que a mãe da garota dar reforço escolar ao lado da casa de Severino. Enquanto ela dava aulas, a menina costumava ir até a casa da tia, local onde aconteceu os estupros. “Severino colocava ela no colo e realizava os atos libidinosos”, conta a delegada Maria Conceição.

A garota foi levada até o Hospital Infantil Arlinda Marques, onde o exame de corpo de delito confirmou a agressão sexual. A outra sobrinha, irmã da criança, tem 17 anos mas relatou ter começado a ser abusada pelo suspeito quando tinha nove anos. Os estupros teriam continuado até a vítima completar 12 anos.

Severino ainda teria tentado estuprar a própria filha durante as festas do fim de ano, em 2018, mas não conseguiu. Segundo a delegada, a esposa dele desconhecia os abusos e a tentativa de estupro contra a própria filha e ficou ‘perplexa’ ao descobrir as denúncias.

O suspeito ainda tentou fugir desde que as investigações começaram, explica a delegada, mas foi preso em Bayeux e encaminhado para a Central de Polícia, onde agora está à disposição da Justiça para a audiência de custódia, que deve acontecer até segunda-feira (21).

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios