Paraíba

Presidente do PT rebate Maranhão, sugere aposentadoria e detona: “Ele representa os últimos dos coronéis”

O presidente municipal do Partido dos Trabalhadores em João Pessoa, Jackson Macedo, rebateu na tarde desta terça-feira (12) as declarações do ex-governador José Maranhão, que minimizou o poder de artilharia da sigla da presidente Dilma na PB rotulou a legenda no Estado como pequena demais para lançar um candidato na disputa pelo Governo em 2014.

Para Macedo, as declarações do ‘mestre de obras’ são injustas já que, até pouco tempo, Maranhão ovacionava o partido, no entanto, mudou de postura pelo fato do PT ter iniciado um voo solo longe do PMDB.

“O PT esteve com o PMDB em 2002, em 2006 e em 2010 e não três eleições estaduais nós perdemos. Se for feito um exercício de memória, vocês verão que Maranhão dizia que o PT era um dos maiores partidos da Paraíba, que era importante e que por isso merecia está na chapa majoritária”, lembrou.

O dirigente também partiu para o ataque, sugeriu a aposentadoria do ex-goverandor e acusou José Maranhão de fazer política ainda no século passado. “Acho que ele representa ainda os últimos coronéis da politica nordestina, as ideias e opiniões dele ficaram no século passado”, alfinetou.

Sobre a insinuação de José Maranhão no que diz respeito à ausência de nomes de peso dentro do PT para disputar a vaga ao Governo do Estado, Macedo não citou nomes, mas lembrou que o partido tem representantes na esfera estadual, federal e municipal, além de filiados que podem contribuir para um projeto em prol da Paraíba em 2014.

“O PT tem sim condições de apresentar um projeto político para o Estado da Paraíba assim como apresentou para João Pessoa e sai vitorioso. O PT tem nomes, tem deputados e no momento oportuno isso será discutido”, avisou.

PB Agora

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios