Destaques

Prefeito de São Bento provoca ‘rombo’ na previdência do município

prefeito-300x172Mais uma denúncia contra o prefeito de São Bento, Gemilton Souza, aportou no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Desta vez, o gestor é acusado de cometer irregularidades no Instituto de Previdência de São Bento (IMPRESB).

De acordo com denúncia do deputado estadual Jullys Roberto (PEN), até maio de 2015, o município de São Bento gastou mais de R$ 9 milhões com pessoal e recolheu apenas R$ 460.439,68 aos cofres da Previdência, valor 6% inferior ao previsto, pois a lei que criou o IMPRESB estabelece um recolhimento de 28,59%.

As irregularidades cometidas pelo prefeito Gemilton Souza não se resumem apenas ao ano de 2015. Os mesmos atos também ocorreram nos dois últimos anos.

Em 2014, a folha de pessoal da prefeitura foi na ordem de R$ 21.232.921,95. Apenas R$ 1.377.621,93 foram destinados à previdência do município.

Em 2013, a mesma situação foi constatada. O IMPRESB recebeu apenas R$ 1,3 milhão, quando a folha de pagamento do funcionalismo público foi de quase R$ 19 milhões.

” A falta de repasse cria um déficit no IMPRESB nos anos de 2013 a 2015 que somam R$ 2.932.452,19, caracterizando crimes diversos, desde peculato a improbidade administrativa, sem contar que, em breve, o Instituto de Previdência estará falido, já que mês a mês seu déficit só aumenta”, disse o deputado Jullys Roberto.

O parlamentar ainda solicitou ao TCE a abertura de um inquérito civil e criminal para apurar a denúncia contra o prefeito.

“As provas são incontestáveis e não pairam dúvidas, principalmente, quando realizada análise mais profunda dos descontos previdenciários efetuados nas folhas de pagamentos dos funcionários e ainda nas auditorias nas contas do Instituto de Previdência do município. Esses fatos comprometem a aplicação do dinheiro público, o que afeta diretamente a qualidade dos serviços e não atendimento social ao cidadão são-bentense”, lamentou.

Blog do Gordinho

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios