policial

Polícia prende irmãos gêmeos acusados de homicídio em Mari

Gêmeos acusados de homicídio
Gêmeos acusados de homicídio

Na manhã desta sexta-feira (9), foi realizada uma operação conjunta da Polícia Militar e Civil no município de Mari, com o objetivo de cumprir mandados de prisão de dois irmãos gêmeos acusados de cometerem um homicídio na cidade no mês de julho.

Liderada pelo comandante da 3ª Companhia de Sapé, capitão Davi Batista Uchôa e o delegado titular de Mari, Felipe Catellar, os irmãos Allysson Matias da Silva e Anderson Matias da Silva, ambos de 19 anos, foram presos na residência dos pais, localizada na rua Severino Avelino de Paiva, no Centro da cidade.

122707,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0“Nós chegamos na residência dos acusados e eles tentaram empreender fuga, mas foram imediatamente detidos e encaminhados à delegacia da cidade, onde prestaram depoimento”, informou o capitão Batista.

Os irmãos são acusados de homicídio qualificado do agricultor Manoel Messias da Silva, 61 anos. Ele foi assassinado com vários disparos de arma de fogo dentro da sua residência no dia 3 de julho, no bairro Maria do Amor Divino, quando chegava em casa com a esposa ,que conseguiu fugir.

“Os assassinos acreditavam que o agricultor fosse informante da polícia, talvez pelo hábito do mesmo sempre estar conversando nas esquinas próximas de onde morava. O indício mais forte dessa motivação do crime foi um bilhete encontrado pela polícia junto ao corpo da vítima, que relatava a causa da morte como merecimento por ele repassar informações à polícia”, informou o delegado de Mari, Felipe Castellar.

Os acusados, que não tinham passagem pela polícia, foram encaminhados ao Presídio Regional de Sapé, onde responderão por homicídio qualificado e poderão pegar até 30 anos de detenção.

 

Portal Correio com assessoria

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios