policial

Polícia localiza e prende albergada acusada de ter matado companheiro

"Nova" e o cunha foram presos em Sousa (Crédito: Sertão Informado)
“Nova” e o cunha foram presos em Sousa (Crédito: Sertão Informado)

Policiais do Grupo Tático Especial (GTE) da cidade de Sousa, com apoio do GTE de Pombal, policiais civis conseguiram localizar e prender no início da manhã desta terça-feira (5), no Sítio Saco, zona rural de Triunfo, a albergada Maria Lucineide de Oliveira de 33 anos, conhecida também como “Nova”, acusada de matar no último sábado (02), seu próprio companheiro, Fábio Willian Pereira Lourenço de 17 anos, com três tiros de revólver calibre 32, a queima-roupa, acertando a vítima na barriga, ombro esquerdo e na cabeça.

Maria Lucineide estava foragida desde o momento do delito e se encontrava escondida na casa de uma tia na zona rural daquele município. Após a prisão de “Nova”, os policiais conseguiram localizar a arma utilizada no crime, que estava em poder do cunhado da acusada, o garçom José Denis Damião de 25 anos, que se encontrava no Barraco do Cajá, na Rua Adeilde Vieira de Oliveira, nas proximidades do posto de combustíveis “Chabocão”, em Sousa.

Na delegacia, Denis Damião revelou que guardou a arma desde o momento do crime, onde Maria Lucineide efetuou os tiros e na fuga lhe entregou o revólver, Já a acusada disse que não se arrepende do crime e disse que faria tudo outra vez, pois segundo ela o jovem tinha lhe agredido. “Eu sou filha de um homem e ninguém bate em minha cara”, desabafou Lucineide.

Lucineide disse ainda que não atirou para matar, pois nunca tinha efetuado nenhum tiro, mas caiu em contradição no momento que foi indagada se o jovem no momento do crime tinha dito que lhe amava e pediu para não morrer. “Quando dei o primeiro tiro ele perguntou se eu o amava, eu disse que sim, mas mesmo assim atirei novamente”, revelou a acusada.

Lucineide e José Denis foram levados à delegacia juntamente com a arma usada no crime e apresentados ao delegado de plantão para serem adotadas as medidas legais ao caso.

 

Sertão Informado 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios