DestaquesParaíba

PB fecha 16,5 mil empregos em 12 meses; comércio e construção demitem mais

Sines estão sempre lotados
Sines estão sempre lotados

A Paraíba perdeu 16.468 postos de trabalho nos últimos 12 meses, o que representa uma queda acumulada de 3,93%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (25) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Só em abril, foram 1.054 empregos formais a menos no estado, o terceiro pior resultado para o mês na série histórica, desde 2003.

Nos quatro primeiros meses de 2016, o Caged registrou queda de 11.159 postos de trabalho com carteira assinada, o que representa uma diminuição de 2,70%.

De acordo com o levantamento, os setores que mais demitiram na Paraíba em abril foram comércio (657 demissões), construção civil (283), agropecuária (231) e indústria de transformação (178).

Brasil

No Brasil, foram 62.844 vagas de trabalho fechadas em abril, segundo dados do Caged. O comércio também lidera no número de demissões no país, com 30.507 demissões, seguido pela construção civil, que registrou 16.036 vagas fechadas.

Em apenas seis estados houve aumento do emprego formal em abril deste ano: Goiás (5.170), Minas Gerais (3.886); Distrito Federal (1.202); Mato Grosso do Sul (919); Espírito Santo (466) e Amapá (50).

Divulgado desde 1992, o Caged registra as contratações e as demissões em empregos com carteira assinada com base em declarações enviadas pelos empregadores ao Ministério do Trabalho.

 

 

Com  Portal  Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios