Educação

Paraibano é preso no RN suspeito de chefiar grupo de exterminio

paraibano_1A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu na manhã desta terça-feira (7) um paraibano natural da cidade de Araruna suspeito de chefiar um grupo de extermínio que atuava no Rio Grande do Norte. Segundo o delegado Normando Feitosa, que em março realizou operação para prender o suspeito, Gerivaldo Silva da Cruz, de 40 anos, o ‘Val da Paulista’, é responsável por mais de 20 assassinatos na Grande Natal e região Agreste potiguar.

“Ele foi preso em Natal e está sendo conduzido para a cidade de Pedro Velho, onde o mandado de prisão foi expedido”, afirmou a assessoria de imprensa da Polícia Civil. Ainda de acordo com a polícia, Gerivaldo possui mandados de prisão em aberto nos estados de São Paulo e Mato Grosso.

dd73c499da80f64b18e2891be37b2ba55cb83cc6

Considerado “criminoso de alta periculosidade”, Gerivaldo foi o único procurado a não ser preso durante a operação Muralha, realizada em março deste ano pela Polícia Civil. A operação, realizada em Pedro Velho, prendeu quatro pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha supostamente chefiada por Gerivaldo.

Segundo as investigações, o grupo cometia homicídios entre as cidades de Parnamirim, São José de Mipibu, Pedro Velho e Montanhas. A rede criminosa ainda envolveria tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

 

 

G1RN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios