Paraíba

Paraíba ainda tem açudes com reservas abaixo da média

20130706141145Apesar das chuvas intensas que abriram o mês de julho na Paraíba, superando em apenas três dias mais de 50% do volume previsto para todo o mês, os açudes do Estado continuam com reservas abaixo da média. De acordo com a Agência Executiva de Gestão de Águas do Estado (AESA), as precipitações chuvosas se concentraram apenas nas regiões do litoral, agreste e brejo da Paraíba.

De acordo com o órgão, os reservatórios de água estão com níveis abaixo da metade e devem permanecer assim até o próxino ano, quando terá início um novo ciclo chuvoso. A previsão de mais chuvas para o mês de julho, no entanto, dão esperanças de que a recarga seja suficiente para pelo menos manter o nível pelos próximos meses nesses açudes que estão abaixo da média.

Segundo o gerente de bacias hidrográficas da AESA, Isnaldo Cândido, a situação dos principais açudes doEstado, como Coremas e Mãe D’água, ainda é preocupante. Essas bacias não conseguiram ultrapassar 40% de sua capacidade total. O açude Epitácio Pessoa, no Cariri, está com 48,1% de abastecimento.

A boa notícia é que as chuvas no litoral, brejo e agreste foram suficientes para recarregar os açudes de Gramame e Mamuaba, que abastecem a capital João Pessoa. O de Araçagi, que abastece a região do Brejo e o Olho D´Água, que fornece água para a cidade de Mari, também conseguiram atingir a cota. Os açudes de Vaca Brava e Canafístula, por sua vez, estão abaixo dos 20% de capacidade.
PB Agora

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios