policial

Pai recebe ligação informando que a filha está morta e enterrada em fossa de casa abandonada

11964436280003622710000-300x224Um assassinato choca a população da cidade de Juazeirinho, a 190 km de João Pessoa. Na manhã desse sábado (8), a jovem Michele Tavares, 19 anos foi encontrada morta, enterrada na fossa séptica de um quintal, numa casa abandonada, no bairro de Bela Vista, naquele município. Ela estava desaparecida há três dias. De acordo com informações do Tenente Yassaki, a polícia chegou até o local onde estava o cadáver depois que o pai da vítima recebeu uma ligação anônima relatando a barbaridade.

O tenente revela que não teve condições de precisar a causa da morte porque o corpo já estava em avançado estado de decomposição e esclarece ainda que o caso é investigado pelo delegado Rodrigo Pinheiro. “Somente a perícia do Instituto Médico Legal vai confirmar a forma como a jovem foi morta. O caso está sob responsabilidade do doutor Rodrigo Pinheiro, que trabalha para a elucidação do crime, explica”.

Yassaki diz como a polícia chegou ao local. “O pai da jovem nos procurou afirmando que recebeu uma ligação anônima dizendo que a filha dele estava morta e havia sido enterrada naquele lugar. O sargento Santos e a força tática se dirigiram ao endereço e encontraram o corpo; uma situação terrível para aquele pai”, diz o tenente.

Corpo foi achado em uma fossa 

Foto: Corpo foi achado em uma fossa (Créditos: Juazeirinho é Notícia)

 

Michele Tavares deixa uma criança

O tenente diz também que o principal suspeito do crime é o companheiro dela, identificado por Ariomar Santos; mas somente as investigações poderão esclarecer com detalhes todo o caso. “Ainda não podemos dizer quem foi, mas sabemos que o principal suspeito é o rapaz que convivia com ela e até agora não foi localizado para prestar depoimentos; familiares relatam que o casal tinha uma relação complicada”.

João Soares, 38 anos, viu o cadáver da própria sendo removida e estava em estado de choque.

O corpo de Michele Tavares foi levado para o IML de Campina Grande, que deve emitir o laudo com a causa da morte nesta semana. Ela deixa um filho menor de idade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios