policial

Operação Integrada’ prende sete pessoas e apreende arma e drogas em Santa Rita

Foto Edvaldo Malaquias
Foto Edvaldo Malaquias

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar ensultou na prisão de sete pessoas (entre elas três mulheres) envolvidas nos crimes de tráfico de drogas e homicídios, nos bairros de Marcos Moura e Alto das Populares, na cidade de Santa Rita.

Ainda na operação foram apreendidos um rifle e aproximadamente dois quilos de drogas – sendo um quilo de maconha e um quilo de crack. No total, foram 16 mandados de busca e apreensão e de prisão expedidos pela 5ª Vara de Santa Rita, dos quais sete foram cumpridos nesta madrugada. Os policiais continuam nas ruas a fim de efetuar mais detenções.

Conforme o comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, ligada a 1ª Região Integrada de Segurança Pública, tenente coronel Eduardo Jorge, a coleta de informações por parte das polícias começou em março e contou, sobretudo, com a ajuda da população. Várias denúncias foram recebidas pelo Disque Denúncia (197) e o Centro Integrado de Operações Policiais (190). “Juntamos todas essas informações, catalogamos, fizemos um triagem e desencadeamos a operação”, contou Eduardo Jorge, ao citar que dos sete presos, um foi liberado por pagamento de fiança e os demais se encontram à disposição de Justiça. A arma e as drogas apreendidass foram encaminhadas para o Instituto de Polícia Científica para serem periciadas, conforme informou o oficial, que acompanhou toda a operação ‘in loco’ junto com o delegado geral da Polícia Civil, Carlos Alberto, e a delegada titular da 6ª Delegacia Distrital de Santa Rita, Maria Solidade de Sousa.

De acordo com a delegada, no acumulado dos cinco meses de investigações o número de pessoas detidas, nos bairros alvos da operação, além dos bairros Marcos Moura e Alto das Populares, chegou a 29, sendo 17 maiores de idades e 12 adolescentes apreendidos. “Temos em Santa Rita uma parceria fundamental com a população, que diariamente nos comunica sobre fatos delituosos. Nós trabalhamos muito, mas a ajuda da população potencializa os nossos resultados, fazendo com que realizemos prisões quase todos os dias”, destacou a delegada, ao citar que a DD possui uma ligação e comunicação estreita com o 7º BPM. “Quando a delegacia ou a unidade militar recebe uma denúncia, de imediato nos comunicamos e começamos o trabalho conjunto”, contou.

 

Presos na ‘Operação Integração’

·Arthur Felipe Correia da Silva, 19 anos

  • José de Arimatéia da Silva, 19 anos
  • Paulo Pereira de Melo, 22 anos
  • Cristina Augusta da Silva, 32 anos
  • Eduardo Moura da Silva, 20 anos
  • Fabiana da Silva Paiva, 25 anos
  • Paulo Francisco da Silva Júnior, 30 anos

 

Secom/PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios