Destaques

Operação com exigência de CNH apreende “cinquentinhas” na PB

capa_02062016002658Cinco motos conhecidas como “cinquentinhas” foram apreendidos no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, durante uma operação do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar, nesta quarta-feira (1º), dia em que começou a vigorar a exigência por habilitação para conduzir as “cinquentinhas” em todo o Brasil.

Quem descumprir a lei comete infração gravíssima, com multa de R$ 574,62 e apreensão do veículo. Para guiar este tipo de veículo, é preciso ter a Autorização para Condução de Ciclimotores (ACC) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria A, para motos.

Ainda na operação, de acordo com o BPTran, foram apreendidos também um automóvel, duas carteiras de habilitação, duas motocicletas e aplicadas trinta infrações de trânsito.

Segundo o comandante do BPTran, tenente-coronel Paulo Almeida Martins, a operação foi globalizada, não apenas para ciclomotores, apesar de alguns terem sido apreendidos.  ”A data de hoje vai ser normalmente trabalhada pelo Bptran. Essa parte de fiscalização vai ser feita. A procura aqui na Paraíba pela habilitação foi mínima”, afirmou ele, que acrescentou que “até a segunda ordem, quem for pego sem hablitação vai ter o ‘cinquentinha‘ apreendida”.

As assessorias da imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF)  e do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) informaram que não houve operações específicas para fiscalização de “cinquentinhas” nesta quarta-feira e que ainda não possuía dados sobre multas aplicadas nas fiscalizações de rotina.

Na Paraíba não há autoescolas que ofereçam o curso preparatório necessário para que seja retirada a chamada ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores), destinada a condutores das motos conhecidas como “cinquentinhas”. A informação é do presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores da Paraíba (Sindecfc-PB), Claudionor Fernandes, e , segundo ele, o motivo é a falta de procura pelo serviço.

Fiscalização em Campina Grande
Em Campina Grande e região do Agreste as fiscalizações começaram a ser intensificadas durante a tarde desta quarta-feira (1º). A primeira parte da operação da 3º Companhia de Policiamento de Trânsito (3ºCPTran) aconteceu na cidade de Lagoa Seca, onde foram apreendidas 19 “cinquentinhas”. Segundo o comandante, capitão Ralisson Andrade, os condutores flagrados vão ser punidos rigorosamente.

“A parte educativa já fizemos durante todo o mês anterior com a campanha Maio Amarelo. Agora é hora de começar a aplicar a lei. Vale lembrar que além da exigência do documento de habilitação específico para o tipo de veículo, também estaremos autuando aqueles que estiverem com motonetas sem emplacamento, já que o prazo acabou desde março”, disse ele. Até as 18h50, os dados sobre multas aplicadas e motos apreendidas ainda não tinham sido divulgados.

Com G1PB

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios