Educação

Obras de transposição do São Francisco na Paraíba serão inspecionadas pelo Ministro da Integração Nacional nesta sexta-feira (19)

TransposiçãoO ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, vistoria amanhã as obras da Transposição do Rio São Francisco, na Paraíba com Pernambuco, com uma comissão de senadores, e depois visita os municípios de Monteiro e Campina Grande.

A inspeção será feita juntamente com a Comissão Especial do Senado Federal criada para acompanhar as Obras da Transposição e Revitalização do Rio São Francisco. Os três senadores da Paraíba integram a comissão e já confirmaram presença na vistoria de amanhã. Vital do Rêgo Filho (PMDB) e Cícero Lucena (PSDB) ocupam, respectivamente, a presidência e a vice-presidência da comissão especial, que também conta com a participação do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

De acordo com a agenda divulgada pela assessoria de imprensa do Ministério da Integração Nacional, a Comissão vai vistoriar as obras do Eixo Leste da Transposição. A visita começa em Pernambuco nas cidades de Floresta e Sertânia. Em seguida, a comitiva deverá seguir de helicóptero em direção à Paraíba, com chegada prevista para as 15 horas em Monteiro, onde será feita uma nova inspeção.

Também está prevista para amanhã uma visita de Fernando Bezerra Coelho a Campina Grande. Esta será a segunda vez que a Comissão do Senado visita as obras da Transposição na Paraíba.

Em março, o ministro e os senadores visitaram as obras do túnel ‘Cuncas I’, no município de São José de Piranhas, no Sertão do Estado, que integra o eixo norte do projeto. Ao final dos trabalhos da Comissão, será feito um relatório para ser entregue à presidente Dilma Rousseff.

PARALISAÇÃO
No final do ano passado, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), após uma inspeção às obras do projeto de Transposição de Águas do Rio São Francisco, divulgou o relatório mostrando problemas e sugerindo soluções para o projeto.

No local, a comitiva disse que encontrou obras paralisadas e constatou problemas ambientais em rios como o Paraíba e o Piranhas, sugerindo a despoluição e desassoreamento de mananciais para que eles tenham condições de receber as águas do Rio São Francisco.

A comitiva encontrou seis lotes dos Eixos Norte e Leste em que as obras estão paralisadas por diversos motivos. Ao todo, são 15 lotes, sendo que um deles é de responsabilidade do Exército.

Bananeiras Online com JP

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios