DestaquesMunicípios

O Brasil e seu faz de conta: Reflexão do Reverendo Beto Tomé

12395459_530856857091114_1080769924_n-300x300Não há dúvidas de que o Brasil está passando por uma delicada crise política e econômica. O país, com um potencial como o nosso, não tem sido capaz de construir uma sociedade onde haja igualdade de oportunidade e o mínimo de vida digna garantida para todos. Recursos naturais temos de sobra, como também desenvolvimento tecnológico e mão de obra especializada, no entanto, nos falta uma coisa essencial para que possamos construir uma sociedade justa. Falta-nos HONESTIDADE. Sem esse ingrediente o Brasil jamais avançará.
Sempre acreditei que a crise no Brasil fosse mais moral que econômica ou política. Essa falta de honestidade de muitos que assumem cargos públicos no país tem produzido muita miséria. Compensa-se muitos pobres com políticas assistencialistas e compensatórias, mas por outro lado o povo é privado de ter bens serviços públicos devido ao desvio de verbas com a corrupção.

A desonestidade dos eleitores que votam buscando vantagens pessoais também contribui igualmente com a realidade que vivemos no momento. Muito do que deveria ser aplicado em bons serviços públicos, são desviado para outros fins. Infelizmente nossa classe política nos decepciona a casa dia. Muitos partidos parecem não ter nenhum compromisso com seus programas partidários. As conquistas sociais adquiridas até hoje ao longo da história do país são ameaçadas, não por visões políticas contrárias a elas, mas pela corrupção que se tornou em uma sangria incontrolável dos nossos recursos adquiridos dos impostos e dos lucros das estatais. Além da corrução, infelizmente temos um sistema político presidencialista que favorece muitas das aberrações que vemos hoje no país, como por exemplo, alguém continuar a governar sem ter mais do apoio da maioria da população. Como pode um governo, com menos de 10% da população, continuar a governar e tomar decisões que vão afetar os 100% da população do país?
Olhando o país de fora, ele parece um cadáver com as aves de rapina em cima dele estraçalhando suas carnes. Parece não haver projeto de país nem um consenso político do que gostaríamos de alcançar como nação. Partidos que poucos se diferenciam em suas ideologias buscam o poder pelo poder enquanto vários problemas profundos continuam a existir sem alterações. O partido dos trabalhadores chegou ao poder pregando a ética e a mudança estrutural, mas depois de pouco mais de uma década ele caiu no descredito da maioria da população pelo envolvimento de vários membros com a corrupção e pela falta de mudanças estruturais como foram prometidas. O PT adotou algumas políticas compensatórias para algumas camadas da sociedade favorecendo um pouco o acesso de muitos ao mercado como também o acesso de alguns a um curso superior, mas infelizmente, o PT não conseguiu criar novas estruturas que pudessem oferecer uma igualdade de oportunidade para TODOS. Depois de quase 14 anos, o país ainda tem um forte movimento de sem terra e de sem teto que parecem ter crescido. Uma indicação de que a tão sonhada reforma agrária não foi concretizada como fora idealizada. Ironicamente, o período em que houve o maior número de famílias assentadas foi no governo de FHC. Hoje muito dos ícones do PT foram condenados e cumprem penas ou estão sendo investigados. No entanto diante de tudo isso uma camada da sociedade identificada ideologicamente com o partido que finge que tudo estava indo bem e que qualquer crítica ou justiça feita contra os governantes e ou aliados do PT é uma tentativa de golpe. Todos se esquecem de que o PT pediu impeachment de todos os governos anteriores ao seu, depois do regime militar e até mesmo se opôs ao plano real acusando-o de ser uma tática eleitoreira do PSDB.
Por outro lado, há os que acham que o problema do país é apenas o Partido dos Trabalhadores. Eu chamo isso de amnésia histórica. Para muitos deles parece que a corrupção começou com a chegada do PT ao poder e se acabará com a saída do PT do governo. Quanta ingenuidade ou cara de pau. O PT não governa todos os estados nem todos os municípios onde a corrupção também é endêmica em muitos desses lugares. Fala-se muito em impeachment e pouco nas soluções para os problemas do país. O discurso tanto de um lado como do outro é apenas acusatório na tentativa de convencer a população de que o outro é mais corrupto. Uns acham que os corruptos de um partido não podem ser julgados porque seus acusadores podem ser mais corruptos. Veja ao ponto que chegamos. Está havendo um descredito nos três poderes que parecerem ter sido privatizados por esses grupos políticos. Apensar de todo esse faz de conta, eu acredito que há um grupo no qual eu me incluo que querem na cadeia todos os corruptos que usaram suas posições e cargos de confiança para proveito próprio. Não há diferença de corrupto de esquerda ou de direita, todo corrupto é um câncer para a nação não importando sua ideologia, sigla partidária ou até mesmo sua biografia. Enquanto muitos vivem do faz de conta que não existia corrupto antes, ou faz de conta que os outros eram mais corruptos quando estavam no poder por isso tudo é golpe, ou faz de conta que tudo será solucionado com um impeachment, a economia não vai bem e consequentemente o povo paga o pato por tudo isso. Eu não tenho dúvidas de que o partido dos trabalhadores se esgotou e perdeu a admiração da maioria do povo brasileiro, também não tenho dúvida de que os que estão lutando por sua saída do poder também não têm um projeto de governo para apresentar ao povo como solução para os nossos problemas sem excluir milhares ou milhões de seus cidadãos por pensar diferente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios