Destaques

Na Paraíba, Damares fala sobre ‘paz’ no Brasil e educação sexual

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, esteve em João Pessoa nesta sexta-feira (25) para a solenidade de reparação histórica em memória de Margarida Alves e ressaltou a importância da população ‘selar a paz’.

Segundo a ministra, o evento foi uma mensagem do Governo contra a violência no campo, na cidade e na floresta e um aceno de reconciliação.

“Que esse dia seja uma mensagem para o Brasil: é hora da gente reconciliar os povos, os segmentos, e caminhar como uma nação em paz e pela paz”, disse.

Educação sexual nas escolas

Apesar de ser conhecida por combater a ‘ideologia de gênero’ e fazer declarações polêmicas sobre o assunto, Damares defende que a educação sexual deve, sim, acontecer nas salas de aula.

De acordo com a ministra, a sexualidade havia sido debatida sem ‘certo cuidado’ nos governos anteriores. Ela também afirmou que o presidente Jair Bolsonaro e o Ministério da Educação não são contra a presença da discussão nas escolas.

“Nós queremos uma educação sexual com qualidade. Queremos professoras muito bem preparadas para tratar de temas como a sexualidade, mas entendendo também que é uma atribuição e prerrogativa da família começar a falar da sexualidade, não podemos usurpar essa atribuição da família, mas a escola não pode se omitir”, disse.

Ainda conforme Damares, o Governo tem obtido ‘excelentes materiais’ para tratar de educação sexual que vão obedecer as faixas etárias dos alunos. O material, de acordo com ela, será repassado para as escolas no próximo ano.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios