policial

Mulher de Chapola, grávida de 5 meses, é presa com cocaína dentro de cachorro de pelúcia

Bicho de pelúcia com a droga
Bicho de pelúcia com a droga

Policiais civis, integrantes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa, apreenderam por volta das 15h, desta quinta-feira (13), na comunidade do Timbó, na Zona Sul, um cachorrinho de pelúcia, contendo 200 gramas de cocaína.

O material foi encontrado na casa de Violette Félix Pereira, conhecida como Viola, responsável pela “boca de fumo”. Durante a intervenção da polícia, Violette não estava na residência, mas as filhas Juaneide Marcelino da Silva, de 18 anos, e Julianny Marcelino da Silva, de 22 anos, foram abordadas e detidas no local.

De acordo com o delegado responsável pela ação, Ramirez São Pedro, Julianny é esposa do traficante Chapola e está grávida de 5 meses. “Também estamos investigando se ele tem participação na comercialização da droga para a família”, ressaltou o delegado.

O cachorro de pelúcia foi encontrado em cima da cama, onde estava o bebê de Juaneide, cunhada de Chapola. A mãe das jovens não foi localizada pela polícia, mas segundo a advogada da família, ela se apresentará até a próxima segunda-feira (17), caso contrário, as autoridades expedirão um mandado de prisão preventiva contra Violette.

Após o flagrante, as irmãs foram encaminhadas à Central de Polícia e, posteriormente, levadas ao Presídio Feminino Júlia Maranhão.

Chapola foi apreendido em setembro de 2010, quando ainda tinha 17 anos, acusado de vários assassinatos no bairro, motivados pela disputa do tráfico local. Atualmente, Alisson Trindade dos Santos, de 21 anos, está detido na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega,  Roger, após ter sido flagrado em novembro do ano passado, com 131 pedras de crack, duas ampolas de cocaína e uma touca para esconder o rosto.

Mais um caso – Em Campina Grande, cidade localizada a 125 quilômetros de João Pessoa, um traficante utilizou do mesmo artifício das irmãs e também foi detido em flagrante, com drogas escondidas em um bicho de pelúcia.

Na ocasião, Fabiano de Oliveira Silva, de 24 anos, foi preso com 24 papelotes de maconha prensada e seis munições de espingarda calibre 12. Todo o material estava escondido dentro de um urso de pelúcia.

 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios