Destaques

MPT apura assédio a funcionário que provou pizzas comidas por Bolsonaro

O Ministério Público do Trabalho (MPT) instaurou um inquérito, nesta quarta-feira (11), para apurar denúncia de assédio moral a um funcionário da pizzaria que atendeu o presidente Jair Bolsonaro, na última sexta-feira (6), em João Pessoa.

A denúncia é que o empregado foi instigado a provar as pizzas que seriam comidas por Bolsonaro como segurança do chefe do Poder Executivo nacional.

O inquérito foi distribuído para a procuradora Myllena Alencar e as investigações ainda estão em fase inicial.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios