policial

Morre empresário baleado por policial durante discussão em condomínio de luxo, em João Pessoa

2O empresário da área de construção civil, Oswaldo Neiva Filho, 75 anos, não resistiu aos ferimentos provocados por três tiros e morreu minutos depois de dar entrada em um hospital particular de João Pessoa. O crime ocorreu nesta quinta-feira (26) dentro de um condomínio residencial de luxo localizado no bairro do Altiplano Cabo Branco, área nobre da Capital, após uma discussão com um policial.

A confirmação da morte do empresário foi dada pelo delegado de Homicídios, Pedro Ivo. A autoridade policial garantiu que o acusado pelo crime é o policial rodoviário federal, Mozart Ribeiro.

Segundo o delegado, o homicídio foi por motivação banal. “Constatamos que o crime foi banal e provocado após uma discussão por causa de segurança do condomínio”.

O suspeito de efetuar os disparos fugiu e até as 21h desta quinta (26) ele ainda não havia sido localizado pelas autoridades.

Policial suspeito do crimeFoto: Policial suspeito do crime
Créditos: Divulgação/Polícia Civil 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios