Destaques

Morre em São Paulo o deputado tucano Sérgio Guerra

morre-em-sao-paulo-o-deputado-tucano-sergio-guerra.jpg.280x200_q85_cropO deputado Sérgio Guerra, de 66 anos, ex-presidente do PSDB, morreu na manhã desta quinta-feira no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O deputado pernambucano lutava contra um câncer de pulmão que se espalhou para o cérebro.

A informação foi confirmada pelo deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), que transmitiu a informação aos colegas, segundo a assessoria da liderança do PSDB na Câmara. Segundo o site do partido, ele será velado e enterrado em Recife.

O ex-presidente nacional do partido e deputado federal por Pernambuco estava internado há 15 dias por conta de uma pneumonia. Desde que descobriu o câncer, ele foi submetido a duas cirurgias no cérebro, além de tratamentos com radioterapia para tratar os tumores.

No Twitter, o PSDB lamentou a morte do parlamentar.

“É com tristeza que informamos o falecimento do ex-presidente nacional do PSDB e presidente do ITV, deputado federal Sérgio Guerra.”, publicou o partido no microblog.

O site do partido também emitiu nota lamentando a morte do pernambucano e exaltando sua biografia:

“É com pesar que o PSDB Nacional informa que o presidente do Instituto Teotonio Vilela (ITV) e do diretório do partido em Pernambuco, o deputado federal Sérgio Guerra, de 66 anos, morreu nesta quinta-feira (6) pela manhã, em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês. Ele estava internado há 15 dias e morreu em decorrência de uma pneumonia que agravou o estado geral de saúde. O tucano será velado e enterrado no Recife (PE).

Guerra estava em São Paulo submetendo-se a um tratamento de combate ao câncer de pulmão. Economista, empresário e criador de cavalos de raça, ele presidiu o PSDB Nacional, de 2007 a 2013.

Pernambucano, Guerra militou no movimento estudantil e deixa quatro filhos. Foi secretário estadual de Indústria, Comércio e Turismo e de Ciência e Tecnologia em Pernambuco durante o governo de Miguel Arraes.

No ano de 2012, Guerra implementou um processo de reestruturação do partido, implementando mudanças na comunicação com mais incentivos no uso das redes sociais, como Facebook e Twitter. Também estimulou os vários setores da sociedade a participar do debate político, como mulheres, jovens, sindicalistas, movimentos sociais e de etnia.

No Congresso, Guerra propôs o Fundo de Apoio ao Biodiesel e a a regulamentação da atividade de propaganda comercial na modalidade de mídia exterior. Também integrou comissões parlamentares de inquérito (CPIs) e o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

No ano passado, ele participou das comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional e da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul”.

Políticos lamentam morte de Sérgio Guerra

O ex-presidente do PT, José Eduardo Dutra, publicou no Twitter nesta quinta-feira sobre a morte do tucano. Ele disse que sempre debateu com o pernambucano de forma “dura, mas respeitosa”:

“Lamento morte do Sérgio Guerra. Em 2010 debati várias vezes com ele na TV, sempre de forma dura, mas respeitosa. Condolências à família”, disse o petista.

Também no microblog, Xico Graziano, ex-deputado que em 2010 coordenou a campanha presidencial do tucano José Serra, disse que Guerra era um ‘empresário moderno e pessoa maravilhosa’:

“Acaba de falecer em Recife Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB. Empresário moderno, político competente, pessoa maravilhosa. Amém”.

José Aníbal, também ex-presidente da legenda e hoje secretário de Energia de São Paulo, disse que o Brasil perdeu um político de “compromisso e ação”.

“Com a morte de Sérgio Guerra, o PSDB, Pernambuco e o Brasil perdem um político de compromisso e ação. Meus sentimentos para sua família”, disse.

O Globo

Artigos relacionados

1 pensou em “Morre em São Paulo o deputado tucano Sérgio Guerra”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios