Destaques

Médico é preso após bater ponto e sair de posto de saúde

201311050621560000004114Um médico ginecologista foi preso nesta terá-feira (5) em Cascavel, acusado de registrar o ponto na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Bairro Faculdade e em seguida sair do posto. Preso em flagrante por falsidade ideológica, o ginecologista Jetson Luiz Franceschi foi conduzido à 15ª SDP (Subdivisão Policial)

O caso foi descoberto graças a denúncias repassadas para a CPI da Saúde, da Câmara de Vereadores, que apontavam que o médico registrava o ponto todos os dias, mas não cumpria o expediente.

Na manhã desta quinta-feira, a Polícia Civil filmou a ação do profissional da saúde. Minutos após entrar na UBS, Jetson deixou o loca sem atender nenhum paciente – ele deveria cumprir expediente de três horas no local. Em seguida, o médico vai ao consultório particular dele, no centro de Cascavel, para atender consultas particulares.

Pouco tempo depois, o médico acabou sendo detido e encaminhado à 15ª SDP (Subdivisão Policial). A CPI da saúde já vinha investigando o ginecologista há pelo menos um mês e, no dia 30 de outubro, filmagens mostraram o médico chegando às 7h07 e indo embora dois minutos depois, retornando apenas às 9h42. Depois de atender uma hora, ele vai embora às 10h40. Também há imagens de ontem (4): o ginecologista chega à unidade às 7h13 e vai embora às 7h15.

Os vereadores da CPI agora querem a exoneração do ginecologista, que está preso e só poderá sair se o juiz estipular fiança.

 

UOL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios