Paraíba

Maranhão censura apoio de parentes seus a Cássio: “Eu acho lamentável”

Zé-MaranhãoO ex-governador José Maranhão, presidente do PMDB paraibano, censurou o apoio  de parentes seus à pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo doEstado. No início desta semana, o deputado federal Benjamim Maranhão, sobrinho do peemedebista e presidente do Partido da Solidariedade na Paraíba, aderiu ao projeto político do parlamentar tucano.

“Eu acho lamentável, pois é um fato que não condiz com a tradição da família. Se por um lado Wilma (Maranhão, mãe de Benjamim e prefeita de Araruna) apoia Cássio, eu permaneço no partido com os mesmos compromissos com a história do PMDB que se confunde com a própria história da minha família”, disse o ex-governador.

A relação política entre Zé Maranhão e seu sobrinho começou a desgastar a partir do momento em que o ex-governador decidiu disputar um mandato de deputado federal nas eleições deste ano. Desgostoso com a atitude do tio, Benjamim se desfilou do PMDB e assumiu o comando do SDD na Paraíba.

As declarações do presidente do PMDB foram dadas durante entrevista concedida à Rádio Campina FM.

Paraíba Já

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios