Educação

Mãe bate em filho durante protestos em Baltimore, nos EUA

20150428110933656586uEm meio ao cenário de intensos conflitos raciais em Baltimore, nos Estados Unidos, um vídeo de uma suposta mãe furiosa, batendo no filho que participava dos confrontos contra a polícia, circulou na noite dessa segunda-feira (28/4) nas redes sociais. Nas imagens, a mulher bate no rosto dele várias vezes e tenta arrancar a máscara. O garoto tenta se livrar da surra se protegendo com as mãos e depois começa a se afastar da mulher, que continua as agressões. Ela segue o jovem pela rua, falando palavrões, e o leva embora.

A violência provocada pelos protestos após a morte de um jovem negro detido por policiais fez com que a prefeitura de Baltimore decretasse o toque de recolher na cidade. A Guarda Nacional está mobilizada para enfrentar os manifestantes. “Muitas gerações já ajudaram a construir esta cidade e não permitiremos que seja destruída por vândalos”, assinalou a prefeita Stephanie Rawlings-Blake ao anunciar o toque de recolher. Pouco antes, o governador do Estado de Maryland, Larry Hogan, declarou estado de emergência na cidade, afirmando que não irá tolerar saques e atos de violência. As aulas foram suspensas nesta terça-feira.

Revolta
Os confrontos são registrados após o sepultamento de Freddie Gray, que morreu no hospital com traumatismos depois de ser detido pela polícia. O homem, de 25 anos, morreu há uma semana no hospital, após sofrer fratura na vértebra, uma semana após sua prisão em Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos. A cerimônia, que contou com cerca de 3 mil pessoas, durou duas horas e meia e teve um forte viés político, segundo a imprensa local.

Desde então, a população vive momentos de terror, com protestos quase que diários. Mais de um milhão de pessoas exigiram o esclarecimento das circunstâncias da morte do rapaz e o fim da violência policial contra a população negra. As autoridades deram início às investigações – entre elas uma ação federal pelo Departamento de Justiça – para determinar as causas dos ferimentos e da morte de Freddie Gray.

 

Correio Braziliense

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios