Paraíba

Laudo do Instituto de Polícia Científica não confirma se Fernanda Ellen foi estuprada antes de morrer

fernanda-elen-300x224O laudo do exame PSA (Prova do Antígeno Prostático), emitido pelo Instituto de Polícia Científica, não esclareceu se a estudante Fernanda Ellen, 11 anos, foi estuprada antes de ser assassinada por seu vizinho, o vigilante Jefferson Luís de Oliveira, 25.

Segundo o Instituto, a violência sexual não pode ser confirmada devido as condições em que o corpo de Fernanda foi encontrado. As informações foram obtidas com exclusividade nesta terça-feira (13) pelo programa Cidade Alerta Paraíba, exibido pela TV Correio HD, das 18h15 às 19h45.

Entenda o caso
Fernanda Ellen, 11 anos, desapareceu no dia 07 de janeiro de 2013, depois de ter ido à escola no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa, buscar o boletim de notas. Desde o primeiro momento, várias informações e pistas surgiram, mas nenhuma havia levado ao paradeiro da menina.
Após 90 dias de investigações, a polícia chegou até a casa do vizinho da vítima, Jefferson Luís de Oliveira e encontrou um corpo enterrado na casa do rapaz. Ele foi preso no último dia 8 de abril e confessou ter matado a estudante.
Jefferson Luís foi reconhecido por uma garota de programa que havia recebido o celular da criança em uma casa de prostituição da Rua da Areia, no Centro de João Pessoa. O acusado trocou o aparelho por pedras de crack.

portal correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios